2016 ficará marcado como o ano da confluência da computação em nuvem

cloudcomputing

A economia de custos oferecida pela computação em nuvem tem levado um número cada vez maior de empresas a aderir a essa nova modalidade de uso de recursos da tecnologia da informação. Como toda a infraestrutura computacional fica alocada em servidores virtuais, as companhias poupam espaço físico e recursos, já que não precisam mais investir grandes somas em computadores ou na compra e atualização de software.

A nuvem permite que as empresas aumentem ou diminuam seus recursos operacionais, como memória e espaço em disco, quando quiserem, pagando somente o que for usado. É justamente essa flexibilidade o que tem atraído as empresas e, ao mesmo tempo, levado os provedores a expandirem e inovarem na oferta de serviços ao mercado. Paralelamente, os fornecedores de tecnologia também têm investido pesadamente na expansão de seus portfólios. O fato é que 2016 ficará marcado como o ano da confluência de ambientes — privado e público — e das aplicações em nuvem. Confirma a movimentação do mercado.

Fonte: Computer World