Cloud pública e privada: quais as diferenças e como elas afetam o cliente?

What-is-cloud-computing

A computação em nuvem oferece muitas vantagens para os negócios online, bem como para os clientes usuários da web. Este modelo permite o compartilhamento de recursos de uma maneira que simplifica o planejamento da infraestrutura do negócio na internet. Por isso, vamos explorar, as duas grandes formas de infraestrutura online que a cloud computing oferece, quais são as diferenças, o modelo mais indicado e como estes modelos afetam o cliente.

Cloud Pública e Cloud Privada

Com as tecnologias de cloud computing, os sites podem ser hospedados e ter todas as suas funcionalidades transferidas para um ambiente online conectado através de redes privadas (cloud privada) ou públicas (cloud pública) para montar uma infraestrutura dinamicamente escalável com acessos por meio de aplicativos móveis, armazenamento e manipulação de dados de forma segura para garantir o pleno funcionamento em momentos de pico de visitas. Os custos podem variar dependo do tipo de hospedagem.

Mas, você sabe qual é a melhor para o seu negócio? Veja, agora, quais são as diferenças entre os modelos de cloud pública e cloud privada e como isto pode afetar o cliente e o seu negócio.

Cloud Pública

A cloud pública é definida pelas suas operações que são realizadas por prestadores de serviços. Os clientes se beneficiam de economias de escala, pois os custos de infraestrutura são divididos entre os usuários. Cada cliente paga somente pelos recursos e demandas de capacidades atendidas tornando a alternativa mais barata para manter toda a estrutura em um servidor próprio.

Aqui, todos os clientes em cloud pública compartilham dos mesmos recursos e espaços tendo as configurações de segurança e as variações de disponibilidade limitadas ao gerenciador do sistema, uma vez que são totalmente geridos pelo prestador do serviço. Google e Amazon.com são exemplos de cloud pública.

Cloud Privada

A cloud privada representa aquelas que são desenvolvidas para atender exclusivamente uma empresa de forma individual. Elas permitem que a empresa hospede aplicativos e infraestruturas completas na nuvem e dediquem maiores esforços relacionados à segurança dos acessos e controles de dados, e uma infraestrutura 100% dedicada para as demandas do negócio de um cliente. Esse modelo ainda pode ser dividido em outros dois formatos: cloud privada interna e a cloud privada externa.

• Cloud Privada Interna: este formato, também conhecido como Cloud privada local, é hospedado dentro da organização mantendo o seu próprio Data Center. Ele fornece um processo mais padronizado, maior proteção e um tamanho proporcional a sua necessidade de escalabilidade. Nesse formato, o departamento de TI da empresa fica responsável pelas configurações de segurança e monitoramento das atividades, bem como pela aquisição e manutenção de seus próprios recursos físicos.

• Cloud Privada Externa: este modelo de Cloud privada é hospedado por um provedor de computação em nuvem externo. O prestador de serviços proporciona um ambiente em nuvem exclusivo com plena garantia da privacidade, funcionalidades e infraestrutura. Aqui, as necessidades de espaço para a escalabilidade, recursos de segurança e ferramentas de configurações podem ser negociadas para atender a demanda exata do negócio em cada período. A cloud privada externa conta ainda com um planejamento de desenvolvimento e controle de riscos bem rigorosos para garantir a máxima segurança contra a perda parcial ou total de dados e oferecer o espaço que o cliente precisa respeitando os períodos de alta demanda, e ainda uma equipe de profissionais para gerenciar todo o ambiente de cloud privado, dentro das melhores práticas de mercado, garantindo assim um nível de serviço com grande qualidade.

De fato, todos os modelos de dloud computing proporcionam um bom nível de segurança e a estratégia é muito importante para promover um crescimento de forma sustentável para o negócio com um custo reduzido, pagando apenas pelos recursos consumidos na nuvem.

E você, qual modelo de Cloud Computing acha melhor para o seu negócio?

Fonte: ComputerWorld