Conheça mais sobre o DevOps

exindevops

O QUE É O DEVOPS?

Conceitualmente dizendo, DevOps é uma metodologia de desenvolvimento de software que utiliza a comunicação para integrar desenvolvedores de software e profissionais de infraestrutura de TI. O conceito propõe novos pensamentos sobre o trabalho para a valorização da diversidade de atividades e profissionais envolvidos e atitudes colaborativas. É um processo que torna possível o desenvolvimento ágil de aplicações em um modelo de gestão de infraestrutura definido sob regras rígidas e burocráticas.

 

OS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DA CULTURA DEVOPS?

As empresas que estão optando por aproveitar os benefícios do DevOps estão experimentando ganhos relacionados à eficiência operacional, à fluidez na comunicação entre as equipes, à redução de custos da TI e à maior satisfação dos clientes internos e externos.

Conheça as melhorias trazidas pela cooperação entre desenvolvimento de software e operação:

Integração entre áreas

Não é repetitivo abordar essa questão. Mesmo porque o DevOps não só une times de áreas específicas da TI como também promove uma ruptura nas barreiras existentes com o negócio, com os gestores de processos e com os “donos” de produtos e de serviços. Assim, além de promover uma atuação sinérgica entre quem desenvolve e quem coloca uma solução na rua, o DevOps permite uma maior comunicação com o demandante de funcionalidades para otimizar os negócios, já que a visão passa a ser fim a fim e o propósito de entregar real valor ao cliente prepondera.

Simplificação de processos

Esse modo de trabalho prega algumas premissas que permitem tornar fluxos de trabalho menos onerosos e burocráticos. Uma delas é o reuso de módulos de software, a flexibilidade nos projetos para que se adaptem às mudanças e a redução de esforços de entrega.

Automação de tarefas

Na cultura DevOps, os deploys manuais e outras atribuições dos times de TI passam a ser substituídos por rotinas automatizadas. Com isso, equipes antes alocadas nas etapas para subir novas funcionalidades ou softwares inteiros passam a se dedicar ao aprendizado, à documentação, ao entendimento dos erros recorrentes e à proposição de melhoria contínua.

Racionalização de processos

Se há simplificação e automação, não há como não ocorrer uma revisão dos processos da TI de modo a torná-los mais racionais, eficientes e econômicos. Um exemplo clássico é a redução do tempo dos ciclos de entregas, dotando os pequenos pacotes de desenvolvimento de um valor antes não reconhecido. A internalização do novo modelo obriga as empresas a adequarem os seus padrões e a redirecionarem os seus esforços para criar um terreno favorável ao pleno funcionamento do paradigma DevOps.

Modernização da TI da empresa

É intrínseca ao DevOps a tendência da cloud computing, já que plataformas, softwares e infraestruturas oferecidos por terceiros podem ser utilizados para viabilizar os objetivos do cliente. Assim, é possível atuar com nuvens híbridas que diminuem custos operacionais e melhoram a rotina da TI da empresa. Elas ainda agregam ao padrão interno tecnologias de ponta sem que a empresa precise investir em aquisição de equipamentos de última geração.

Estímulo à colaboração

A nuvem trouxe uma nova cultura para as organizações, na qual pessoas passam a ter acesso facilitado à informação e, com isso, afirmam-se em relação à sua atuação e à sua capacidade de contribuir com sugestões e melhorias. No DevOps, essa questão é potencializada ao estimular a integração entre áreas e o entendimento da solução que está sendo desenvolvida por todos os envolvidos. Com isso, problemas podem ser identificados com mais facilidade e a resposta para ele, também.

Empoderamento dos times de TI

A atuação em DevOps pressupõe o envolvimento de parceiros estratégicos provedores de soluções em nuvem. E eles só se firmam no mercado quando oferecem bons níveis de qualidade, escalabilidade, capacidade e disponibilidade. Gerenciar toda essa esteira é algo complexo e, ao tomar contato com esse tipo de realidade, as equipes envolvidas na TI da empresa aprendem, reciclam os seus conhecimentos e tomam contato com as tendências do mercado.

Elasticidade e escalabilidade

Os fornecedores de recursos em nuvem oferecem infraestrutura e inteligência que entendem os movimentos do negócio e se adaptam a ele. Isso significa que, ao adotar DevOps, parceiros capazes de expandir ou de retrair recursos entrarão em jogo e permitirão que a empresa contratante pague apenas pelo que usa e tenha, sempre à disposição, componentes na medida da sua necessidade.

Aproveite e faça sua pré-matrícula no curso de DevOps oferecido pela UniCIT, clique aqui para se inscrever.